Vencedores do concurso Jovem Senador chegam em Brasília nesta segunda

por CM SERRA publicado 13/11/2015 08h56, última modificação 13/11/2015 08h56

Na segunda-feira (16), 27 estudantes chegam em Brasília para conhecer de perto o processo legislativo e atuar como senadores. São alunos do ensino médio de escolas públicas estaduais vencedores do concurso de redação Jovem Senador 2015, que selecionou o autor da melhor redação em cada unidade da Federação. Criado em 2011, o projeto é uma parceria entre a Secretaria-Geral da Mesa e a Secretaria de Relações Públicas do Senado.

O secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira, ressalta a importância do projeto para os jovens.

— É uma janela de participação direta da população jovem no processo democrático, para que eles participem de atividades e divulguem em suas localidades como funciona o Parlamento, disseminando a cidadania e construindo pontos focais de pessoas que possam elucidar o processo de elaboração das leis — afirmou Bandeira.

Para a diretora da Secretaria de Comunicação, Virginia Malheiros Galvez, a iniciativa mostra a preocupação da Casa em se aproximar da sociedade.

— O Jovem Senador é um projeto de comunicação por excelência com um segmento importante da sociedade, pois permite que estudantes conheçam o Parlamento e possam ser multiplicadores da realidade do que os senadores fazem pelo Brasil — disse Virgínia.

Debate de projetos

Entre os dias 16 e 20 de novembro, os jovens senadores participarão de trabalhos legislativos, como reuniões de comissões e sessões do Plenário, a exemplo dos parlamentares. Supervisionados por profissionais da Consultoria Legislativa, vão apresentar e debater projetos que, caso sejam aprovadas pelo grupo, serão encaminhados à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Se acolhidos, passarão a tramitar como projeto de lei no Senado. Desde sua primeira edição, em 2011, foram apresentadas pelos jovens senadores 39 proposições.

A consultora legislativa Roberta Assis, que acompanhará os estudantes durante o “mandato parlamentar”, considera que a experiência será valiosa e inesquecível para os adolescentes.

— O objetivo do Jovem Senador é fazer com que eles possam vivenciar a experiência de ser um parlamentar. Claro que tudo isso dentro de uma linguagem que eles [os estudantes] possam compreender. É sempre um momento muito rico. Eles voltam para casa com uma experiência rica e impactante — disse a consultora.

Sobre a expressiva presença feminina no programa — 67% dos participantes são meninas —, Roberta acredita que esse número seja resultado da tendência de aumento da escolaridade entre as mulheres.

Os trabalhos serão dirigidos por uma Mesa Jovem, eleita entre os participantes do projeto, composta por presidente, vice-presidente, primeiro-secretário e segundo-secretário. De acordo com Marcia Yukiko, da Secretaria de Relações Públicas, nesta segunda (16) os jovens serão recebidos pelos diretores das unidades administrativas do Senado envolvidas com o programa, além da diretora-geral, Ilana Trombka, e do secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira.

— A posse vai acontecer na terça-feira (17) no Plenário. Depois, começam os trabalhos legislativos. Na quinta, os jovens senadores vão participar de entrevistas com a área de comunicação do Senado. Na sexta, além de conhecer o Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto, vão escolher os projetos que devem tramitar na CDH — explicou Marica Yukiko, ressaltando que a escolha dos componentes da Mesa acontecerá na terça-feira.

O Programa

Os jovens senadores são selecionados por meio de um concurso de redação realizado anualmente entre estudantes do ensino médio, de até 19 anos, de escolas públicas. Cabe à Secretaria de Educação de cada estado e do Distrito Federal selecionar três redações, que são enviadas ao Senado. Uma comissão julgadora seleciona a melhor redação de cada estado e, posteriormente, os três melhores textos. Os 27 vencedores são premiados com a viagem a Brasília e o “mandato” de senador por uma semana.

O tema deste ano foi “Participação política: no Parlamento, nas ruas e nas redes sociais”. Em primeiro lugar, ficou a redação "Democracia Científica", de Mariana Souto Pimenta, de Passos (MG). "Superar a diferença para fazer a diferença", de Eduarda Moura Pinheiro, de Cruzeiro do Sul (AC), ficou em segundo lugar. O terceiro lugar coube à redação "Ordem ou Protesto", de Maria Clara Prado Bezerra Nogueira, de Aracaju (SE).

Em suas oito edições, o programa Jovem Senador recebeu mais de 200 mil redações, envolveu cerca de 600 mil alunos e contou com participação efetiva de 16 mil professores em todo o país. Neste ano, o Senado recebeu mais de 84 mil redações.

Para 2016, o tema do concurso de redação será “Esporte, educação e inclusão”. Todas as informações sobre o programa podem ser acessadas em www.senado.leg.br/jovemsenador.

Agência Senado

LesDiom
LesDiom disse:
02/02/2020 07h19
Clomid C Est Comment [url=http://cialisir.com]Cialis[/url] Amoxil Clavul <a href=http://cialisir.com>Buy Cialis</a> Cialis De Uso Diario
LesDiom
LesDiom disse:
18/02/2020 19h11
Amoxicillin Clavulanic Acid Dogs Mg Kg [url=http://cheapcialisir.com]Cheap Cialis[/url] Viagra Overnight Shipping <a href=http://cheapcialisir.com>Cialis</a> Viagra Sildenafil Wirkung
Elladdela
Elladdela disse:
28/02/2020 09h51
Achat Amoxicillin Prescrire Nato Medicament [url=http://abcialisnews.com]Cialis[/url] Priligy Mercadolibre Venezuela <a href=http://abcialisnews.com>Buy Cialis</a> Kamagra Original Erkennen
Stevreurry
Stevreurry disse:
29/02/2020 03h15
Amoxicilina Where Can I Buy Tab Fedex Shipping [url=http://abcialisnews.com]Buy Cialis[/url] Cialis Moins Chere <a href=http://abcialisnews.com>Buy Cialis</a> Afin Priligy Dapoxetine
Comentários foram desativados.