Senado - Comissão promove debate sobre prevenção e cuidados com câncer de mama

por CM SERRA publicado 23/10/2015 11h44, última modificação 23/10/2015 11h44

Em apoio à campanha Outubro Rosa, de alerta para o câncer de mama, a Comissão de Combate à Violência Contra a Mulher promove na terça-feira (27) uma sessão especial de debate sobre o tema "Prevenção, cura e reconstrução mamária: um direito que não pode ser violado".

A reunião da comissão, que é presidida pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS), está marcada para começar às 14h30 na Ala Senador Alexandre Costa, Plenário nº 9, Anexo II, no Senado.

Para a audiência pública — proposta pela deputada Moema Gramacho (PT-BA) — foram convidados, entre outros, a ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Nilma Lino, e a ex-ministra Eleonora Menicucci.

Também devem participar do debate médicos e integrantes de ongs que trabalham na conscientização das mulheres sobre a importância da prevenção da doença

Câncer de mama

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, abarcando 22% dos casos novos a cada ano. Mas se for diagnosticado e tratado no momento certo, apresenta grandes chances de cura.

No Brasil, de acordo com o Inca, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados. Segundo a estimativa do Instituto Nacional do Câncer, quase 58 mil novos casos serão diagnosticados no país em 2015.

Como prevenção, o Inca recomenda que se evite a obesidade, a ingestão de álcool e a exposição a radiações ionizantes em idade inferior aos 35 anos. O instituto alerta ainda para o fato de o autoexame não ser eficiente para a detecção precoce e não substituir o exame físico realizado por profissional de saúde.


COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe: 
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
www.senado.gov.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211) 

Agência Senado